A proibição cobre o aplicativo principal do Facebook, bem como aplicativos de suas subsidiárias WhatsApp e Instagram. A ação foi tomada em resposta à ação do governo dos EUA em maio para impedir que empresas norte-americanas utilizem empresas estrangeiras de telecomunicações que considera um risco de segurança. As pessoas que já possuem um telefone Huawei e têm os aplicativos relevantes instalados ainda podem continuar a usá-los. O Facebook disse que também continuaria a fornecer atualizações para os usuários existentes nos telefones Huawei. A Huawei não comentou a decisão do Facebook. A decisão só se aplica a aplicativos pré-instalados e não impede que os proprietários de smartphones da Huawei baixem e instalem os aplicativos assim que receberem seus telefones. No entanto, essa opção não estará mais disponível se o Google restringir o acesso dos telefones Huawei à sua Play Store no futuro. A...